1 de ago de 2016

Golpista é espécie em extinção

Fugitiva do hospício
Analisei com muito interesse as imagens das manifestações de ontem, tanto as do fora Dilma quanto as do fora Temer.

Decepcionei-me um pouco com a turma do fora Temer, esperei uma maior adesão, e ri muito dos fora Dilma, esparsos e perdidos na Paulista.

Tem mais cardumes no Tietê que idiotas na Paulista, ambos poluídos por muita matéria fecal, e é só ouvir as entrevistas (até Maurício Macri para presidente do Brasil, pediram, chamando-o de Rogério Macri, talvez acreditando que Macri e Magri são o mesmo).

Tirando as lideranças assalariadas da Fiesp e de Cunha, como o Kim coreano, ou aproveitando a oportunidade, porque de outra maneira não apareceria, como Alexandre Frota, o ator de filmes pornô, o resto foi a alienada classe mérdia paulistana, branquinha e cheirosa, criticando o “comunismo brasileiro”.

O único político presente foi o progressista Major Olímpio, da gangue de Cunha, Feliciano, Bolsonaro, pastor Everaldo, Malafaia e mais toda a lixarada moral do país, um radical defensor de golpe militar.

Todos os outros políticos já conseguiram o que queriam, não precisam mais usar o exército trajado de CBF, encostado porque agora desnecessário, inútil, devidamente usado e cuspido, como bagaços de laranjas, o que nunca deixaram de ser.

Nas redes sociais, os meus contestadores, que tinham como argumento político-filosófico chamarem-me de mortadela, assalariado do PT, ladrão, filho da puta, substituíram toda essa argumentação profunda e muito bem pensada pela ausência de comentários ou, fazendo-os, dando-me a impressão que fizeram algum cursinho de boas maneiras, continuando a defender o insustentável, mas com educação, sintoma de convicções abaladas.

Nas ruas, o discurso de que a esquerda é ladra, o PT destruiu o país, Lula é ladrão... Está sendo substituído por todo político é ladrão, não adianta trocar porque são todos iguais...

Isto é um dado positivo e, paradoxalmente, negativo.

Positivo porque é avanço, os que acreditavam defender santas freirinhas já caíram na real, estão com os bolsos e bolsas ameaçados, recalcitrando entre dar razão aos que os preveniram, insistir na toleimice de ver saída à direita, ou permanecerem calados para não entregar os pontos, vaidosamente.

E é ruim porque é a morte da esperança, em boa parcela de brasileiros.

Quando o rebanho percebe que o pasto está fraco, minguado, migra para pasto novo, mas se conclui que não há mais pasto e será a fome, o que resta é o caos, a desordem, a quebra das instituições, e isto não é bom para ninguém.

Francisco Costa
No Esquerda Caviar

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários com links NÃO serão aceitos.

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores e não representam necessariamente a opinião do blog

Comentários anônimos NÃO serão publicados, como também não serão tolerados spams, insultos, discriminação, difamação ou ataques pessoais a quem quer que seja.

É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O blog poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.