14 de jul de 2016

Maia: Cunha perdeu​

Maia, Rosso, Cunha e Traíra — tudo a mesma sopa


A única certeza que se pode ter da eleição de Rodrigo Maia, do DEM, à presidência da Câmara, é que a base de apoio a Cunha se esfarelou.

Se Maia significa uma vitória do Traíra, isso ainda se verá adiante, na hora de votar as "maldades".

Maia reuniu a fina flor do Golpismo pátrio: PSDB e PPS, sem falar no DEM, do imaculado senador Agripino Maia.

E, no segundo turno, aparentemente, reuniu a atual oposição.

PT, PCdoB e PDT devem ter votado em Maia para evitar o candidato do Cunha.

Mas, na hora do "vamos ver", a Câmara continua o que sempre foi e será: a mais conservadora da História, cevada em dinheiro de empreiteiras.

Rosso seria um joguete na mão do Cunha.

Como poderá vir a ser o Traíra, se Cunha, preso, cuspir os feijões.

PHA
No CAf

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários com links NÃO serão aceitos.

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores e não representam necessariamente a opinião do blog

Comentários anônimos NÃO serão publicados, como também não serão tolerados spams, insultos, discriminação, difamação ou ataques pessoais a quem quer que seja.

É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O blog poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.