30 de jul de 2016

Eles querem acabar com Lula, mas podem torná-lo ainda mais forte

http://www.revistaforum.com.br/blogdorovai/2016/07/29/eles-querem-acabar-com-lula-mas-podem-torna-lo-ainda-mais-forte/


A transformação de Lula em réu por suposta tentativa de obstruir a justiça que foi encaminhada hoje pelo juiz Ricardo Leite, de Brasília, é mais uma gota no copo do golpe que está em curso no Brasil. A sentença se baseia tão somente na narrativa de Delcídio Amaral, ex-senador da República.

Não há uma prova sequer que demonstre que o ex-presidente Lula tenha tido qualquer participação na operação que Delcídio diz ter sido realizada para silenciar Bernardo Cerveró.

Diferentemente da imensidão de provas existentes, por exemplo, nas denúncias do ex-senador Sérgio Machado, que incluem entre outros Aécio Neves, na apreensão dos 500 quilos de cocaína no helicóptero da família Perrela ou mesmo nas denúncias contra os governos Serra e Alckmin no caso dos trens da Alston.

Mas isso não importa.

O importante é tirar Lula da frente. É utilizar qualquer coisa que seja para impedi-lo de disputar eleições nos próximos anos. Se houver possibilidade, inclusive, prendendo-o.

Mas as coisas não serão tão simples como eles imaginam.

Hoje, estive com Lula no evento da Contraf-CUT onde foi lançado o livro “O Brasil que Queremos”, organizado pelo professor Emir Sader e que conta com artigos de pesos pesados como Marilena Chaui, Leonardo Boff, Márcio Pochmann, Luiz Gonzaga Belluzzo, Celso Amorim, Márcia Tiburi, Ladislau Dowbor e Dalmo Dallari. E no qual este blogueiro sujo teve o prazer de contribuir com um artigo sobre o tema das comunicações.

Lula estava lá e estava como sempre. Nada abatido, nada emburrado, nada amargurado. Ao contrário, sorridente, tirando fotos, dando tapinha no rosto daqueles com quem tem mais intimidade e sacaneando os amigos.

Nas poucas palavras que trocamos, Lula falou da denúncia que encaminhou à ONU apontando parcialidade e abuso de poder do juiz Sérgio Moro no julgamento do seu caso.

E deu sinais de que sabe que essa denúncia pode ampliar ainda mais a perseguição que já sofre no Brasil.

Mas Lula não parece estar preocupado com isso. Quer preservar sua honra.

E sabe que não conseguirá fazer isso se ficar quieto esperando o tempo passar.

E por isso está à toda. Além da denúncia na ONU Lula entrou de cabeça nas próximas eleições municipais.

Na semana que vem, por exemplo, me falou de cor as dezenas de atividades que têm até quinta-feira, quando vai a Santos para o lançamento da candidatura da Carina Vitral, presidenta da UNE, à prefeitura da cidade. E disse que de lá ainda vai dar um pulo em Cubatão.

Ou seja, mesmo se conseguirem torná-lo ficha suja para impedir sua candidatura em 2018, por exemplo, eles não conseguiram impedi-lo de continuar fazendo o que fez a vida inteira, política.

Não vão conseguir impedi-lo de oferecer sua voz, seu carisma e seu conhecimento a novas lideranças.

Não vai impedir de continuar sendo a imensa liderança que ainda é e que só irá aumentar se o golpe seguir seu curso no Senado com a cassação de Dilma.

O golpe terá em Lula sua outra face da moeda. Lula será o anti-golpe, A esperança do povo. De novo.

Odeio dizer isso, mas neste caso o farei: podem anotar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários com links NÃO serão aceitos.

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores e não representam necessariamente a opinião do blog

Comentários anônimos NÃO serão publicados, como também não serão tolerados spams, insultos, discriminação, difamação ou ataques pessoais a quem quer que seja.

É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O blog poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.