15 de jun de 2016

Sérgio Machado diz que Temer acertou propina para Chalita

O ex-presidente da Transpetro disse que acertou com o presidente interino um repasse de R$ 1,5 milhão para a campanha do então candidato à prefeitura de São Paulo em 2012, Gabriel Chalita


O ex-presidente da Transpetro, Sérgio Machado, disse em sua delação premiada que o presidente provisório Michel Temer o procurou para pedir propina para a campanha do então candidato à Prefeitura de São Paulo em 2012, Gabriel Chalita.

Machado disse que os valores acertados com Temer são de R$ 1,5 milhão em propina que serviria para ajudar Chalita no pleito eleitoral.

“[Machado] Posteriormente conversou com Michel Temer na Base Aérea de Brasília, provavelmente no mês de setembro de 2012, sobre o assunto, havendo Michel Temer pedido recursos para a campanha de Gabriel Chalita. …] O contexto da conversa deixava claro que o Michel Temer estava ajustando com o depoente era que este solitasse recursos ilicitos das empresas que tinham contratos com a Transpetro na forma de doação oficial para a campanha de Chalita; ambos acertaram o valor, que ficou em R$ 1,5 milhão”, diz o documento.

No Fórum

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários com links NÃO serão aceitos.

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores e não representam necessariamente a opinião do blog

Comentários anônimos NÃO serão publicados, como também não serão tolerados spams, insultos, discriminação, difamação ou ataques pessoais a quem quer que seja.

É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O blog poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.