10 de jun de 2016

Público da Parada Gay rejeita Temer e aprova Jean Wyllys, mostra pesquisa


Uma pesquisa sobre a opinião política dos participantes da Caminhada de Mulheres Lésbicas e Bissexuais e do público da Parada Gay, no último fim de semana de maio, mostra alta rejeição ao presidente interino Michel Temer.

Pelo caminho

Na caminhada, só 1% se disse a favor da manutenção do interino, 36,3% querem novas eleições e 57,9% desejam a manutenção de Dilma Rousseff na Presidência. Na parada, 7,2% afirmaram ser a favor de Temer, 53,6% gostariam de novas eleições e 32,1% querem Dilma.

Pelo caminho 2

O levantamento, que ouviu 443 pessoas na caminhada e 680 na parada, em São Paulo, foi feito pela ONG #VoteLGBT, com o apoio de pesquisadores ligados à USP, à Unifesp e ao Cebrap (Centro Brasileiro de Análise e Planejamento).

Pela causa

O deputado federal Jean Wyllys (PSOL-RJ) está à frente da senadora Marta Suplicy (PMDB-SP) como político que tem mais compromisso com os LGBT, na opinião dos entrevistados. Para a Prefeitura de São Paulo, os candidatos preferidos são Fernando Haddad (PT-SP) e Luiza Erundina (PSOL-SP).

Mônica Bergamo
No fAlha

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários com links NÃO serão aceitos.

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores e não representam necessariamente a opinião do blog

Comentários anônimos NÃO serão publicados, como também não serão tolerados spams, insultos, discriminação, difamação ou ataques pessoais a quem quer que seja.

É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O blog poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.