3 de jun de 2016

Globo se desespera e ataca Dilma com denúncia mirabolante de Merval


O jornal O Globo desta sexta-feira emitiu sinais de desespero com uma eventual reversão do processo de impeachment no Senado.

Só isso explica uma manchete tão mirabolante como a de hoje. Escrita por Merval Pereira, que troca o papel de editorialista pelo de jornalista investigativo, ele "informa" que desvios na compra da refinaria da Pasadena, nos Estados Unidos, teriam servido para pagar despesas como o cabeleireiro da presidente Dilma Rousseff, Celso Kamura.

Não tem pé nem cabeça – e só revela que o risco de uma virada política no Brasil é real.

Leia, abaixo, a "reportagem investigativa" de Merval, que ganhou a manchete do Globo:

Já existem documentos em posse da Procuradoria-Geral da República que revelam que a presidente afastada, Dilma Rousseff, tinha conhecimento do teor das negociações envolvendo interesses políticos na compra da refinaria de Pasadena, antes da reunião do Conselho de Administração da Petrobras que aprovou o negócio. 

Os envolvidos na venda de Pasadena trocavam mensagens em uma rede de e-mails do Gmail que não era rastreável, pois as mensagens ficavam sempre numa nuvem de dados, sem serem enviadas. Numa dessas mensagens, na véspera da reunião decisiva, há a informação de que “a ministra” já estava ciente dos arranjos dos advogados.

Em outras mensagens, há informações sobre pagamentos de itens pessoais da presidente pelo esquema montado na Petrobras, como o cabeleireiro Celso Kamura, que viajava para Brasília às custas do grupo. Cada ida de Kamura custava R$ 5 mil. Há também indicações de que um teleprompter especial foi comprado para Dilma sem ser através de meios oficiais, para escapar da burocracia da aquisição.

No 247

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários com links NÃO serão aceitos.

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores e não representam necessariamente a opinião do blog

Comentários anônimos NÃO serão publicados, como também não serão tolerados spams, insultos, discriminação, difamação ou ataques pessoais a quem quer que seja.

É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O blog poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.