23 de jun de 2016

Candidato medalhão do PSB estaria coordenando a defesa dos presos na Operação Turbulência

No limite da irresponsabilidade

O Blog teve acesso à íntegra do inquérito policial nº 163/2016-4-SR/DPF/PE, que investiga o esquema criminoso montado pelo PSB de Pernambuco para lavar recursos ilícitos que teriam sido desviados das obras da Refinaria Abreu e Lima e da Transposição do Rio São Francisco e que, segundo o inquérito e delações premiadas já homologadas em outros inquéritos, teriam financiado as campanhas de Eduardo Campos ao governo de Pernambuco em 2010, à presidência da República, juntamente com a de Marina Silva e a de Fernando Bezerra Coelho, em 2014.

Uma movimentação financeira da empresa Câmara & Vasconcelos, de propriedade de Paulo César Morato, que estava foragido da Polícia Federal e que foi encontrado morto, ontem à noite, em um motel em Olinda, chama nossa atenção pelo período em que foi realizada, coincidente com o da realização das eleições municipais que elegeram o atual prefeito do Recife, Geraldo Júlio do PSB.

Segundo o Pedido de Busca e Apreensão, Prisão Preventiva e Sequestro de Bens encaminhado pela Delegada da Polícia Fedetal, Andrea Pinho Albuquerque à Juíza da 4ª Vara Federal, em Pernambuco, entre setembro e novembro de 2012, a Câmara & Vasconcelos, empresa fantasma que recebeu R$ 19 milhões só da empreiteira OAS, repassou, em movimentação considerada "suspeita" pelo COAF, R$ 325.365,00, para a conta nº 24023, agência 4592, cujo titular é Kleyton Albert da Silva.

Segundo nosso Blog apurou, a preocupação do PSB com os rumos da investigação e o medo de uma inevitável delação premiada por parte dos "laranjas" presos pela Polícia Federal é tal, que a coordenação da defesa dos presos na Operação Turbulência está sendo feita por um advogado medalhão e que costuma se gabar de ter muito trânsito entre os desembargadores do TRF da 5ª Região, filiado ao partido e que é candidato a prefeito de uma das cidades da Região Metropolitana do Recife. Esse advogado, que é também advogado do PSB, foi, inclusive, visto nas proximidades da sede da Polícia Federal, dando instruções aos demais membros da equipe de defensores.

Noelia Brito

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários com links NÃO serão aceitos.

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores e não representam necessariamente a opinião do blog

Comentários anônimos NÃO serão publicados, como também não serão tolerados spams, insultos, discriminação, difamação ou ataques pessoais a quem quer que seja.

É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O blog poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.