5 de jun de 2016

95% rejeitam abrir pré-sal e, para 90%, início de Temer foi péssimo


Uma nova pesquisa 247, realizada em parceria com a Netquest, uma das principais empresas do mundo de pesquisas online do mundo, revela que as primeiras medidas do governo provisório de Michel Temer são amplamente rechaçadas.

Uma delas é abertura do pré-sal a empresas estrangeiras, já defendida por Pedro Parente, novo presidente da Petrobras, que disse apoiar a medida e também falar em nome da companhia. Nada menos que 96% dos entrevistados são contra essa medida, enquanto apenas 3% a apoiam e 1% não tem opinião a respeito.

Os percentuais são parecidos em outras questões. Por exemplo, 95% condenam a fixação de um teto para gastos com saúde e educação, enquanto apenas 4% são a favor e 1% não tem opinião a respeito.

Sobre desvincular as aposentadorias do salário-mínimo, 95% são contra, 3% a favor e 2% não têm opinião.

Em relação à aprovação do presidente interino Michel Temer, 90% consideram sua administração péssima, enquanto 7% a veem como ruim, 1% como bom e 1% como excelente.

Para 97% dos entrevistados, os áudios de Romero Jucá comprovariam uma conspiração por trás do impeachment.

Ao todo, foram realizadas 4.113 entrevistas únicas, com cadastro dos internautas por CPF, evitando duplicidades nas respostas e abrangendo todas as regiões do País.

Esta foi a segunda pesquisa 247/Netquest. Leia aqui os resultados da primeira. Confira, abaixo, as tabelas da nova pesquisa:


No 247

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários com links NÃO serão aceitos.

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores e não representam necessariamente a opinião do blog

Comentários anônimos NÃO serão publicados, como também não serão tolerados spams, insultos, discriminação, difamação ou ataques pessoais a quem quer que seja.

É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O blog poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.