16 de mai de 2016

Temer no Fantástico e os apitaços — assista




Embora a Rede Globo esteja se esforçando para legitimar o presidente interino Michel Temer diante da população, a crise política ainda parece longe de terminar.

Na edição deste domingo do Fantástico, o repórter Rodrigo Alvarez foi ao vilarejo onde os pais de Temer nasceram para mostrar a festa dos seus "brimos". Depois disso, diversas pessoas comuns enviaram perguntas a Henrique Meirelles, que foi também entrevistado por Polyanna Abritta.

O clímax da edição seria a entrevista de Michel Temer à jornalista Sônia Bridi, mas ela provocou apitaços em praticamente todas as capitais do País, durante os cerca de 30 minutos em que a Rede Globo dedicou ao presidente interino.

No centro do Rio e de São Paulo, gritava-se "Fora, Temer" das janelas e "fora, golpista".

Na entrevista, Temer disse que pretende deixar como legado um país com desemprego menor e pacificado. Disse ainda que não pretende disputar a reeleição, mas não assumiu esse compromisso em nenhuma hipótese. No ponto mais revelador, ele não se posicionou sobre seu polêmico aliado Eduardo Cunha (PMDB-RJ), que, em entrevista neste domingo, fez questão de demonstrar intimidade com o presidente interino. "O Michel conversava com os partidos, não só eu falava, não. Eu participei de muitas conversas e de muitos debates, não é que cobrei, eu não preciso cobrar o Michel pra ele cumprir os acordos. Ele sabe os acordos que ele tem que fazer ou não pra ter sua base política", disse Cunha (leia aqui).

Neste domingo, milhares de mulheres foram às ruas exigir a saída de Temer e a volta da presidente Dilma Rousseff ao poder (saiba mais aqui).

Nas redes sociais, a hashtag #ForaTemer se tornou uma das mais comentadas do mundo e internautas também promoveram um "vomitaço" na página do Fantástico no Facebook.

No 247

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários com links NÃO serão aceitos.

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores e não representam necessariamente a opinião do blog

Comentários anônimos NÃO serão publicados, como também não serão tolerados spams, insultos, discriminação, difamação ou ataques pessoais a quem quer que seja.

É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O blog poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.