12 de mai de 2016

Temer em si não é nada!

Depois da Privataria Tucana, a Privataria do Moirelles!


O primeiro discurso de Michel Temer como presidente interino do Brasil foi doloroso, cheio de clichês e com citação ao "livrinho" de Dutra, um dos mais reacionários e entreguistas presidentes do Brasil.

"O Executivo executa, o Legislativo legisla e o Judiciário julga", disse em seu discurso de posse, horas após o Senado aprovar o Golpe na presidenta eleita Dilma Rousseff.

Temer citou a intenção de privatizar, tranquilizar os mercados e promover a democracia da eficiência.

O que já se sabia foi confirmado em seu discurso de posse: Michel Temer não é nada. É um PUFT!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários com links NÃO serão aceitos.

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores e não representam necessariamente a opinião do blog

Comentários anônimos NÃO serão publicados, como também não serão tolerados spams, insultos, discriminação, difamação ou ataques pessoais a quem quer que seja.

É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O blog poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.