3 de mai de 2016

Na comissão do impeachment, Caiado chama Lindbergh para a briga


Em sessão da comissão do impeachment no Senado Federal, o senador Ronaldo Caiado, do DEMo de Goiás, disse que o governo ameaça apagar todos os dados dos computadores caso se concretize o impeachment da presidente Dilma Rousseff. O senador Lindbergh Farias rebateu, dizendo que “isso é crime” e “é mentira”.

“Mentira de vossa excelência”, disse Lindbergh.

“Eu estou lendo a matéria”, respondeu Caiado. “Não me venha chamar de mentiroso aqui não”.

“Chamo, eu chamo”, continuou Lindbergh.

“Fala lá fora, fala lá fora, fala lá fora”, se descontrolou Caiado, levantando e chamando Lindbergh para a briga.

Lindbergh também se levantou e apontando o dedo para Caiado continuou a repetir: “mentira, mentira, mentiroso”. “Você não está tratando com os seus funcionários da fazenda não. Tá pensando que eu tenho medo de você?”.

Abaixo, o vídeo do episódio:



No GGN

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários com links NÃO serão aceitos.

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores e não representam necessariamente a opinião do blog

Comentários anônimos NÃO serão publicados, como também não serão tolerados spams, insultos, discriminação, difamação ou ataques pessoais a quem quer que seja.

É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O blog poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.