13 de mai de 2016

Meirelles corta promessa de Temer pela metade. E vai cortar de novo, aguarde


Michel Temer disse ontem que a reforma da Previdência não afetaria direitos adquiridos.

Insere-se no capítulo “Rolando Lero” de sua fala, até porque não poderia afetar, legalmente. Coisa que qualquer acadêmico de direito sabe.

Hoje, Henrique Meirelles já começou a tirar o dourado da pílula.

Vai ter, como é óbvio, idade mínima.

Ah, mas é com regra de transição.

Alô, já tem.

O fator 95/85 vai transitar, progressivamente, para 100/90.

O que dá 60 anos para um homem que começa a trabalhar aos 20, se não falhar um mês.

Isso já tem.

Idade mínima que desconsidere tempo de serviço é castigo aos mais pobres, que começam a trabalhar mais cedo.

E é isso o que virá, podem escrever.

O “mercado” quer corte já na Previdência.

O que mais disse Temer? Que não haveria aumento de impostos, não é?

E hoje Meirelles disse que ia cortar as isenções tributárias.

Talvez Temer — que, segundo O Globo, sempre teve dificuldades com a matemática — não entenda que, quando se tem de pagar um imposto que não se pagava ou se pagava com desconto, é o mesmo que pagar mais imposto?

Com a Dilma, era pagar o pato.

Agora é “bondade”.

Meirelles, com Lula, tinha limites.

Agora, quem tem limites é Temer, que não tem força para dizer não ao seu Ministro da Fazenda.

Se disser: “ah, isso eu não quero, Henrique”, vai ouvir: “não quer, mas vai, Michel”.

É preciso fazer um curso de hipocrisia para entender a política brasileira.

Fernando Brito

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários com links NÃO serão aceitos.

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores e não representam necessariamente a opinião do blog

Comentários anônimos NÃO serão publicados, como também não serão tolerados spams, insultos, discriminação, difamação ou ataques pessoais a quem quer que seja.

É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O blog poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.