22 de abr de 2016

Havana Connection


A Câmara dos Deputados aprovou o processo de impeachment de Dilma Rousseff que, agora, segue para o Senado Federal. A expressão "show de horrores" é insuficiente para narrar o que foi aquela votação, conduzida por Eduardo Cunha, réu pela Lava Jato no Supremo Tribunal Federal. Poucos foram os parlamentares que discutiram se Dilma cometeu crime de responsabilidade. A maioria usou seu voto para fazer autopromoção ou falar de Deus e da família.

O Havana Connection, 17a edição, discutiu sobre a votação realizada neste domingo (17) e seus desdobramentos. E também tratou da homenagem do deputado federal Jair Bolsonaro (PSC-RJ) a um dos maiores torturadores e assassinos da ditadura civil-militar, o coronel Carlos Brilhante Ustra, bem como agora icônico cuspe de Jean Wyllys no deputado, como reação aos assédios sofridos.

Este debate conta com a presença do coordenador do MTST Guilherme Boulos, do deputado federal Jean Wyllys e da jornalista Laura Capriglione e foi gravado por webconferência, uma vez que todos os participantes do Havana Connection estavam espalhados pelo país.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários com links NÃO serão aceitos.

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores e não representam necessariamente a opinião do blog

Comentários anônimos NÃO serão publicados, como também não serão tolerados spams, insultos, discriminação, difamação ou ataques pessoais a quem quer que seja.

É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O blog poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.