5 de abr de 2016

Discurso histórico de Janaina Paschoal, musa do impeachment


Há alguns momentos únicos, na vida de um país, no qual um discurso, um evento, conseguem sintetizar de forma definitiva o momento.

A advogada Janaina Pascoal — uma das signatárias do pedido de impeachment de Dilma — conseguiu esse feito, no evento a favor do impeachment no Largo São Francisco.

O tom religioso, quase místico, a menção à cobra que voa e quer "dominar as nossas mentes", que precisam ser libertadas pelas legiões enviadas do céu, sintetizam com notável precisão o lado mais obscuro das multidões que saíram às ruas babando ódio.

Há malucos em toda parte, radicais e histéricos em todos os lados, em momentos de polarização como o atual. Mas quando esse fervor místico bate nas lideranças, há algo de muito doente no ar. É quando o espírito das massas, aquela coisa horrorosa e disforme que exara violência, preconceito, fascismo, sobe e toma coração e mente das lideranças.

O impeachment agora, tem duas caras. No topo, a cara matreira de Paulo Skaf, Michel Temer e Eduardo Cunha. Na base, a síntese maior no exorcismo de Janaina Pascoal.

Será difícil encontrar uma mente sadia que se sinta à vontade em tal companhia.

Nos vídeos, algumas outras formas similares de conquistar corações e fígados.






Luís Nassif
No GGN



Um comentário:

  1. São com essas atuações que os líderes fascistas se firmam entre seus eleitores. É como se esse tipo de discurso fosse necessário para angariar adeptos. O efeito do gesto do braço reto, firme, como a bater em uma criança, se encontra gravado, como uma cicatriz, no inconsciente de muitos seguidores desse tipo de líder. É como se de novo fossem crianças, e ali estivesse o adulto que manda na casa, que pune, que castiga, mas que, afinal, é o pai ou a mãe daquela criança adulta traumatiza.

    ResponderExcluir

Comentários com links NÃO serão aceitos.

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores e não representam necessariamente a opinião do blog

Comentários anônimos NÃO serão publicados, como também não serão tolerados spams, insultos, discriminação, difamação ou ataques pessoais a quem quer que seja.

É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O blog poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.