13 de mar de 2016

Uma análise preliminar dos protestos


Se não houver alguma sinalização em direção aos “não mobilizados”, tende a ser mantida a passividade, exatamente, no seio da base social que apoiou Lula e Dilma na última década. E aí, o que prevalecerá é a mobilização da Avenida Paulista

1. Os protestos são expressivos, obviamente, e não devem ser minimizados de forma precipitada. Porem, não houve mudança no perfil social dos manifestantes. A base social do impeachment segue a mesma;

2. Tirando os trogloditas e os irracionais, a direita organizada tem consciência da necessidade de ampliar o espectro de apoio ao impeachment;

3. Os estrategistas da direita sabem que interromper a normalidade institucional apenas com base na mobilização da classe média é um risco.

4. Eles podem consumar o golpe mesmo assim? Podem! Mas ninguém garante estabilidade ao próximo governo nesses termos. Essa é a questão chave em relação aos protestos.

5. Todos sabemos que o impeachment não será decidido, somente, nas ruas. As ruas falam sobre sua legitimidade. E o perfil segue o mesmo de antes: é a classe média tradicional quem está indo às ruas. Diversas pesquisas foram realizadas a respeito do perfil dos manifestantes. Não é necessário reproduzi-las aqui.

6. Portanto, a grande questão não é saber se os protestos foram maiores ou menores hoje. A questão é se ampliaram socialmente. E isso não ocorreu;

7. O povo pobre segue assistindo pela TV. O problema é que não vamos mobilizá-los com a atual orientação de governo.

8. Lembremos da Venezuela. Chávez foi deposto e as favelas desceram em peso exigindo sua volta. Aqui não vai ocorrer isso… Por que o governo não deu motivos. Pelo menos, por enquanto.

9. Se não houver alguma sinalização em direção aos “não mobilizados”, tende a ser mantida a passividade, exatamente, no seio da base social que apoiou Lula e Dilma na última década. E aí, o que prevalecerá é a mobilização da Avenida Paulista. Mas, claro, nem tudo se resolve com base no humor e cores das rua.

Vinicius Wu
No Fórum

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários com links NÃO serão aceitos.

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores e não representam necessariamente a opinião do blog

Comentários anônimos NÃO serão publicados, como também não serão tolerados spams, insultos, discriminação, difamação ou ataques pessoais a quem quer que seja.

É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O blog poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.