13 de mar de 2016

Riocentro

A cadela do fascismo, como profetizou Bertold Brecht, está sempre no cio.

E se o ovo da serpente fascista chocou é porque as instituições que deveriam zelar pelo respeito às leis falharam. Onde estavam a Polícia Federal, o Ministério Público Federal e o Poder Judiciário que deixaram passar batido o atentado do Riocentro? Neste caso não há sequer a desculpa da lei de anistia, porque foi cometido depois da referida lei. O que prova que nossas instituições também estão impregnadas de autoritarismo excludente.

Se nossas instituições tivessem funcionado para punir os ditadores e seus crimes, inclusive as empresas que apoiaram o golpe e com ele se locupletaram, os fascistas que hoje engrossam a marcha dos zumbis pensariam duas vezes antes saírem do armário.

É por isso que, em pleno século XX, seres vivos com diplomas universitários ousam defender golpe militar e ditadura. A cadela do fascismo perdeu o pudor e trepa no meio da rua com uma matilha de cães raivosos. O suprassumo do despudor é que vestem camisas padrão FIFA com escudo da CBF. Entidades que dispensam maiores comentários em relação ao que há de pior em termos corrupção.

Tinha decidido abandonar este blog, depois de mais de vinte anos de luta na internet, para não me deixar contaminar pelo mesmo ódio com que atacam. Não há o mínimo de racionalidade. É só ódio. Ódio de perdedor intoxicado. Todas as pessoas com quem converso repetem o mesmo discurso surrado da Rede Globo. Ficam apopléticas quando ouvem razões que não saem dos meios golpistas. Qualquer pensamento fora do autorizado pelas cinco irmãs (Veja, Folha, Estadão, RBS & Rede Globo), desnorteia e só não mordem porque a boca já está cheia de baba.

Até a bispos da Igreja Católica resolveram se despirem da batina para insuflarem o ódio.

Eu que fui seminarista por seis anos vejo com muita tristeza que o demônio também comunga e veste batina. Diante de tanto sacrilégio, é uma lástima que não exista inferno. Caronte teria muito trabalho atravessando o caronte com sua barca repleta de pessoas que usaram o nome de Deus para blasfemarem. Conspurcam a fé com práticas fascistas.

No livro Batismo de Sangue do Frei Beto, que li quando ainda era seminarista, fica-se sabendo que o Bispo de Porto Alegre à época, D. Vicente Scherer, era um dos dedos dura da repressão. O mesmo que depois foi esfaqueado no Bairro Medianeira por meninos que assediava sexualmente.

Se os golpistas de 1964 continuam ativos é porque ninguém fez nada para puni-los. Em quase dezesseis anos de governo a esquerda continuou se conspurcando com a Rede Globo. Ninguém se importou em fazer com que a golpista perdesse a concessão pública. Pior, continuam jorrando publicidade para um grupo que sempre se locupletou, por todas as formas possíveis com o dinheiro público. A parceria no caso Miriam Dutra x FHC é apenas a cereja do bolo.

Pior do que os fascistas que saem dos armários como hienas são as pessoas que deveriam zelar pelo respeito às leis e às instituições públicas mas se aliam aos violadores. Como na Síndrome de Estocolmo, as vítimas da ditadura não se cansam de, iguais às mariposas, entrarem no cio toda vez que veem um holofote.

Os milhares de crimes impunes da ditadura é o estrume do qual brotam os fascistas que hoje querem derrubar exatamente uma pessoa sobre a qual não pesa uma vírgula de acusação, e que foi a grande vítima da ditadura, Dilma. Tudo para proteger verdadeiros toxicômanos, e toda sorte de corruptos que, não fosse seu governo republicano, ainda posariam de varões de Plutarco.

Os midiotas que compram por verdade o discurso golpista dos assoCIAdos do Instituto Millenium é uma manada de bovinos que se deixam amadrinhar por uma égua também no cio, a Rede Globo.

Como na fábula da rã e do escorpião, o golpismo é da natureza da Rede Globo. Além da sonegação, claro…

Gilmar Crestani
No Ficha Corrida

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários com links NÃO serão aceitos.

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores e não representam necessariamente a opinião do blog

Comentários anônimos NÃO serão publicados, como também não serão tolerados spams, insultos, discriminação, difamação ou ataques pessoais a quem quer que seja.

É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O blog poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.