9 de mar de 2016

O que Aécio tem a dizer agora que apareceu na alegada delação de Delcídio?

O que este demagogo vai dizer agora que apareceu na delação de Delcídio?
Poucos dias atrás, diante das notícias sobre a alegada delação de Delcídio, Aécio se apressou em vestir suas melhores roupas de demagogo e postar uma lição de moral no Twitter.

Expressou “repúdio e indignação”, e afirmou que chegamos ao “fundo do poço”.

E eis que agora se sabe que Aécio também está citado no documento que supostamente traz a delação de Delcídio.

O Moralista Mineiro, nosso MM, irrompe num  trecho que diz respeito a sua atuação numa Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI).  Não se sabe ainda exatamente qual é esta CPI. Mas é bom lembrar que numa delação um falecido presidente  do PSDB, Sérgio Guerra, foi acusado de receber 10 milhões de reais para fazer melar uma CPI sobre a Petrobras.

Desde já é divertido ver como será a reação deste que é um dos campeões em citações de delatores, um dos quais disse que ele é o mais chato cobrador de propinas. Tudo isso não o impede de falar em corrupção como se fosse Mujica ou o Papa Francisco.

MM não hesita em atirar pedras quando a imprensa amiga, por meio de vazamentos da Lava Jato amiga, menciona Lula, Dilma e o PT.

Saca a pistola como se fosse Billy the Kid.

Mas e quando, como agora, é seu nome que circula na lama?

Aí então deve-se ter “extremo cuidado” com acusações que sequer foram averiguadas. Aí então MM, compungido, aparece como um defensor intransigente da presunção de inocência — esta pedra fundamental do Estado de Direito que Moro simplesmente pulverizou.

O acusador furioso se defende como um, bem, a palavra é dura, mas não há outra melhor: um rato.

É uma das aberrações nacionais que Aécio encontre espaço em jornais e revistas de magnatas amigos para falar em corrupção depois de fazer uma pista de aeroporto particular com dinheiro público, se recusar a enfrentar um teste de bafômetro numa noite bêbada, investir recursos do contribuinte em suas rádios e transformar Furnas num cofre para sua conta bancária.

(Veja aqui o documentário do DCM sobre a Lista de Furnas, já um best-seller com mais de 100 mil visualizações em menos de um mês.)

Mas é o que acontece, infelizmente.

Um dos mais consagrados corruptos da República perora sobre corrupção diariamente nas primeiras páginas dos jornais.

Os sábios da antiguidade diziam que entre rir e chorar da miséria humana é preferível a primeira opção.

Vou tentar, assim, rir ao pensar em Aécio e sua descomunal dose de miséria humana.

Paulo Nogueira
No DCM

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários com links NÃO serão aceitos.

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores e não representam necessariamente a opinião do blog

Comentários anônimos NÃO serão publicados, como também não serão tolerados spams, insultos, discriminação, difamação ou ataques pessoais a quem quer que seja.

É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O blog poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.