26 de mar de 2016

O mito de uma caverna chamada Globo


As imagens exibidas se incrustavam indelevelmente nas mentes dessa legião de seres humanos.

Os apresentadores empostavam suas falas para dar o devido tom dramático que ficaria retumbando até o dia seguinte em seus ouvidos para depois, em seus postos de trabalho, sair de suas bocas.


Eram milhões de pessoas.

Todas elas à noite sintonizavam o mesmo canal de televisão para assistir ao noticiário do principal jornal emitido para o Brasil inteiro.

As imagens exibidas se incrustavam indelevelmente nas mentes dessa legião de seres humanos.

Os apresentadores empostavam suas falas para dar o devido tom dramático que ficaria retumbando até o dia seguinte em seus ouvidos para depois, em seus postos de trabalho, sair de suas bocas:

POLÍCIA FEDERAL AFIRMA QUE TRÍPLEX É DE LULA!
NOSSAS IMAGENS DE HELICÓPTERO REVELAM DOIS PEDALINHOS COM OS NOMES DOS NETOS DE LULA NO SÍTIO EM ATIBAIA!
DILMA SABIA SOBRE PASADENA!

E coisas semelhantes.

Todas as noites no mesmo horário.

Meses. Anos. Décadas.

Rosilda sempre assistiu ao telejornal e como todos, nunca questionou nenhuma ''notícia'' dada pela emissora. Até as comentava com as amigas, orgulhosa em ser bem informada.

Porém, uma noite uma matéria chamou a atenção de Rosilda. O apresentador afirmara que ENFIM O PROCESSO DE IMPEACHMENT CONTRA A PRESIDENTE DILMA ROUSSEFF SERIA LEVADO ADIANTE PELO PRESIDENTE DA CÂMARA, EDUARDO CUNHA!

Rosilda achou estranho aquele homem noticiar o fato com toda aquela oratória triunfalista, afinal o nome citado que iria detonar Dilma não era o daquele corrupto que tinha desviado milhões para a Suíça?

Não foi o mesmo apresentador que havia noticiado isso? Será que ele se esqueceu? Ou será que ela estava confundindo tudo?

Temendo contrariar o marido Antônio, Rosilda foi dormir calada naquela noite.

Mas não conseguiu.

Rosilda era dona de casa, não trabalhava.

No dia seguinte aguardou Antonio sair para o trabalho e, ao invés de fofocar com as amigas no facebook, decidiu, trêmula, clicar num site de buscas as primeiras palavras que o homem da caverna proferira na noite anterior.

Encontrou algo parecido.

Mas em que território proibido fora parar?

Não sabia ainda direito pois sua vista ainda não conseguira se adaptar à imagem que estava vendo.

Sua mente, tampouco, não conseguia absorver direito o que estava lendo.

Foi preciso que Rosilda lesse três vezes o mesmo texto para poder interpretá-lo direito, uma vez que agora não estava assistindo a um noticiário. A linguagem era outra. Rosilda estava desabituada a ler.

De repente um lampejo fez com que Rosilda compreendesse o que estava escrito.

Não, não pode ser, pensou ela.

Então não há provas de que Lula seja proprietário do tríplex e nem do sítio?

Então, por que o juiz Moro o conduziu coercitivamente para interrogatório?

Por que plantou as escutas no gabinete de Dilma?

Por que homens comprovadamente corruptos querem derrubar a presidenta que não cometeu crime nenhum?

Mas o homem do noticiário falou que Dilma cometeu crimes...E ele é um bom homem, chefe de uma linda família. E é bonito...

Continuou a ler.

Fez mais, pesquisou em outros blogs, os tais blogs sujos que tanto temia.

As informações estavam ainda mais completas.

Então Aécio Neves, o candidato em quem votara por sugestão do homem do noticiário, já foi citado 7 vezes na Lava Jato e não foi conduzido coercitivamente para interrogatório?

Rosilda não conseguia parar de pesquisar e ler.

O juiz Moro então cometeu crime ao plantar os grampos?

Mas ele não era o grande defensor da Lei? Como pode?

Após várias horas decidiu que era momento de contar às suas amigas e parentes todas as informações que conseguira coletar. Eles precisavam saber.

Resolveu compartilhar os blogs no facebook.

Teve que fazer agora um esforço para poder voltar a ser a simples Rosilda e enfrentar as feras. Foi com tato, pois.

Com vários argumentos consistentes, Rosilda foi até onde dava.

Em pouco tempo começou a receber de volta todo tipo de ofensas e xingamentos.

Ela agora era petralha, comunista, vermelha, vagabunda e defensora de bandidos.

Em seguida recebeu bloqueios e cancelamentos de amizades.

Perdeu quase todos os amigos feicebuqueanos.

Os parentes lhe viraram a cara.

Seu casamento entrou em crise.

Rosilda em princípio se viu destruída.

Mas, sentindo-se outra pessoa, liberta, consciente e elevada, resolveu partir para a ação.

Agora nas manifestações em prol da Democracia temos sempre a presença ativa e altiva de Rosilda.

E os outros, como ficam?

Ora, continuam a ver imagens na parede da caverna.

Fernando Castilho numa adaptação livre da Alegoria da Caverna de Platão
No Análise e Opinião

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários com links NÃO serão aceitos.

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores e não representam necessariamente a opinião do blog

Comentários anônimos NÃO serão publicados, como também não serão tolerados spams, insultos, discriminação, difamação ou ataques pessoais a quem quer que seja.

É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O blog poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.