26 de mar de 2016

Golpistas dependem do PMDB. Oba!

Como não tem crime da Dilma, a razão é o Datafalha!


Os Golpistas vibram de entusiasmo com a decisão do deputado estadual (sic) do PMDB do Rio, Jorge Picciani, de aderir ao Golpe.

Formidável.

Ele argumenta que é uma "resposta às ruas"...

Que ruas?

Diz ele que é uma pesquisa do Datafalha...

Então, fazemos assim, Deputado estadual Picciani: a gente suprime a eleição, o voto popular e a cada dois meses encomenda uma pesquisa à Datafalha!

Para ver se a/o Presidenta/e pode continuar!

Quá, quá, quá!

Os Golpistas acusam a Presidenta de tudo.

Especialmente de crimes que não cometeu.

Porque, até agora, não acharam um crime de responsabilidade que justifique o impítim.

Mas, de todas as acusações, nenhuma foi a de ser suicida.

Ao contrário: ela tem dito e repetido que não renuncia e que vai lutar contra o Golpe com todas as forças.

Aí, a Presidenta demite um peemedebista do Governo, um peemedebista da turma do Temer.

Do Temer, esse campeão de votos (dentro e fora do PMDB)!

O Temer fica chateado e não aceita o convite do empresário que montou um governo do exílio em Lisboa.

Ficou aqui para promover a debandada do PMDB.

Agora, aqui entre nós, amigo navegante, se o Temer tivesse alguma importância, a Presidenta teria demitido seu correligionário?

Se o Temer tivesse um único voto, além do voto Wellington Moreira Franco, o amigão do Paulo Dote.

E o Picciani, o estadual?

Que acredita na Datafalha?

Ele acha que vai passar a aparecer todas as noites no jornal nazional do Benvindo Sequeira?

Se o Golpe depende do PMDB, está frito!

Não vai ter Golpe!

Porque o ansioso blogueiro quer ver os deputados do PMDB, de cara lavada, em votação aberta, votarem a favor do Datafalha na Câmara dos Deputados.

De cara aberta!

Como vota o deputado...?

E ir para a eleição de 2018, sem o dinheiro da Odebrecht, sem uma ajudinha do Governo federal!

Quero ver!

Como vota o deputado peemedebista...?

O deputado do PMDB vota com o Datafalha!

Quá, quá, quá!

O Golpe já esteve em mãos mais confiáveis: as do Gilmar, que tem uma empresa de educação e, frequentemente, dá expediente no Supremo!

E do Aecím Liechenstín, esse campeão mundial de citações!

E as do 'Padim Pade Cerra', que, como diz o Mino Carta: "o Brasil não o elegeu, foi ele, escravo da sua obsessão, quem elegeu o Brasil!"

Brilhante.

O Golpe pode confiar no PMDB!

Assim como o Dunga confia no Neymar!

Mal comparando o Temer com o Neymar, bem entendido...

Em tempo de amigo navegante:

- Quem diria, a vestal PSDB se entregou ao promíscuo PMDB...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários com links NÃO serão aceitos.

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores e não representam necessariamente a opinião do blog

Comentários anônimos NÃO serão publicados, como também não serão tolerados spams, insultos, discriminação, difamação ou ataques pessoais a quem quer que seja.

É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O blog poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.