25 de mar de 2016

Como votam os membros da Comissão da Câmara

Basta um voto dos indecisos


Este quadro sobre a tendência de voto na comissão que analisa o impeachment (ver abaixo) foi produzido pelo Diap. O levantamento, segundo o assessor parlamentar em Brasilia, foi feito em consultas com os parlamentares, um por um.

Basta um dos quatro indecisos nao querer o impeachment, para que seja derrotado na Comissão.

E olha que essa Comissão foi montada, em boa parte, pelo grande estadista Eduardo Cunha.

No plenário, a posição do Governo é muito mais confortável.

No plenário, basta o Governo conseguir 171 votos num total de 513 deputados.

Numa votação de cara aberta.

E se o Governo ganhar?

Como ficam os valentes Golpistas?

Porque, como diz o Conversa Afiada, eles não têm os votos — nem líderes!


Informações Legislativas – 21 de março de 2016

Cronograma do Impeachment na Câmara dos Deputados

Data                 Evento

18/03 — Início da contagem do prazo de 10 sessões para que a presidente apresente sua defesa na Comissão da Câmara

25/03 — Feriado (não há sessão)

01/04 — Último dia do prazo de 10 sessões para a presidente apresentar sua defesa

08/04 — Apresentação do parecer do relator e possível pedido de vista

12/04 — Votação do parecer na Comissão e encaminhamento à Mesa da Câmara

13/04 — Leitura e publicação do parecer no Diário da Câmara

15/04 — Inclusão do parecer na Ordem do dia após 48 horas de sua publicação

20/04 — Discussão e votação do parecer do relator no plenário da Câmara. Se rejeitado, o pedido é arquivado. Se aprovado o processo, segue para o Senado.

Posicionamento dos deputados
Partido Contra o Impeachment A favor do impeachment Indefinido
PMDB Leonardo Picciani (PMDB-RJ)
João Marcelo Souza (PMDB-MA)
Washington Reis (PMDB-RJ)
Valtenir Pereira (PMDB-MT)
Leonardo Quintão (PMDB-MG)
Lúcio Vieira Lima (PMDB-BA)
Osmar Terra (PMDB-RS)
Mauro Mariani (PMDB-SC)

PT Zé Geraldo (PT-PA)
Pepe Vargas (PT-RS)
Arlindo Chinaglia (PT-SP)
Henrique Fontana (PT-RS)
José Mentor (PT-SP)
Paulo Teixeira (PT-SP)
Vicente Candido (PT-SP)
Wadih Damous (PT-RS)


PSDB
Bruno Covas (PSDB-SP)
Carlos Sampaio (PSDB-SP)
Jutahy Junior (PSDB-BA)
Nilson Leitão (PSDB-MT)
Paulo Abi-Ackel (PSDB-MG)
Shéridan (PSDB-RR)

PP Aguinaldo Ribeiro (PP-PB)
Paulo Maluf (PP-SP)
Roberto Britto (PP-BA)
Jerônimo Goergen (PP-RS)
Júlio Lopes (PP-RJ)

PR Maurício Quintella Lessa (PR-AL)
Édio Lopes (PR-RR)
José Rocha (PR-BA)
Zenaide Maia (PR-RN)


PSD Rogério Rosso (PSD-DF)
Paulo Magalhães (PSD-BA)
Júlio César (PSD-PI)
Marcos Montes (PSD-MG)

PSB
Fernando Coelho Filho (PSB-PE)
Bebeto (PSB-BA)
Danilo Forte (PSB-CE)
Tadeu Alencar (PSB-PE)

DEM
Mendonça Filho (DEM-PE)
Rodrigo Maia (DEM-RJ)
Elmar Nascimento (DEM-BA)

PTB Jovair Arantes (PTB-GO)
Luiz Carlos Busato (PTB-RS)
Benito Gama (PTB-BA)
PRB

 Jhonatan de Jesus (PRB-RR)
Marcelo Squassoni (PRB-SP)
SD
Paulo Pereira da Silva (Paulinho da Força) (SD-SP)
Fernando Francischini (SD-PR)

PSC
Eduardo Bolsonaro (PSC-SP)
Pastor Marco Feliciano (PSC-SP)

PROS
Eros Biondini (PROS-MG)
Ronaldo Fonseca (PROS-DF)

PDT Flavio Nogueira (PDT-PI)
Weverton Rocha (PDT-MA)


PSOL Chico Alencar (PSOL-RJ)

PTdoB Silvio Costa (PTdoB-PE)

REDE

Aliel Machado (REDE-PR)
PSOL Chico Alencar (PSOL-RJ)

PMB

Welinton Prado (PMB-MG)
PHS Marcelo Aro (PHS-MG)

PTN Bacelar (PTN-BA)

PEN Junior Marreca (PEN-MA)

PCdoB Jandira Feghali (PCdoB-RJ)

PPS
Alex Manente (PPS-SP)
PV
Evair de Melo (PV-ES)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários com links NÃO serão aceitos.

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores e não representam necessariamente a opinião do blog

Comentários anônimos NÃO serão publicados, como também não serão tolerados spams, insultos, discriminação, difamação ou ataques pessoais a quem quer que seja.

É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O blog poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.