6 de mar de 2016

Ali Kamel e o duplex de 12 milhões de dólares à beira-mar


Encarapitado em seu espetacular cafofo, de frente para o Oceano Atlântico, toda manhã, ao despertar do sono dos justos, Ali Kamel encosta sua cabecinha nas largas vidraças da sala de estar e contempla, sobranceiro, o movimento das coxas e coxinhas que se exercitam no calçadão do Posto 9, o point mais in da praia de Ipanema, zona sul do Rio de Janeiro.

“Vida marvada!”, deve pensar ele, que vive em uma cinematográfica cobertura duplex, na quadra residencial mais cara da América Latina. São 800 metros quadrados de um luxo nababesco, só acessível a banqueiros, barões da indústria e magnatas de igual jaez. Como poderia um mero jornalista e sociólogo desfrutar de tamanho fausto, tendo como moradia um imóvel de sonho no local mais valorizado da orla carioca?

Um apartamento do mesmo padrão, com área útil similar, está à venda no mesmo quarteirão, nas proximidades da Rua Joana Angélica, pelo equivalente a 43 milhões de reais. Cotado em euros, o duplex anunciado possui três suítes, uma suíte master com dois banheiros em mármore, duas cozinhas, salas de estar e de jantar, sala de cinema, escritório, sauna, piscina, sala de ginástica etc. Para a criadagem, “duas dependências”. Dentro desse latifúndio suspenso caberiam quatro unidades do triplex do Edifício Solaris, aquele do Guarujá, litoral paulista. Mas, estamos falando de outro prédio, este com nome de uma ave marinha da família dos diomedeídeos.

Endereço nobre, simplesmente um luxo!
Um jornalista em início de carreira, ganhando o piso salarial da categoria no RS, por exemplo, teria que poupar todo seu ordenado durante 1684 anos, se quisesse comprar um apê igual ao do diretor responsável pelo Jornal Nacional. Pelo valor de mercado da cobertura duplex do chefe de William Waack seria possível a construção de 1590 casas populares, cada uma com 45m², em que viveriam cerca de 6500 pessoas. Também poderiam ser construídas 105 Unidades Básicas de Saúde, Padrão I, ou instaladas 2860 rádios comunitárias por todo o Brasil.

Perto de tudo, total segurança
Consultado por este Cloaca News, um conceituado especialista em assuntos corporativos avaliou que o salário mensal do cérbero da Famiglia Marinho estaria na casa dos R$ 120 mil. Em seu contrato, porém há cláusulas de bônus, que podem dobrar seus ganhos anuais. Entre os ganhos extras do processador de blogueiros estaria o adicional de mil reais cada vez que apresentadores e repórteres pronunciam a expressão “mensalão do PT”. Informes recentes dão conta de que, nos últimos dias, o salário do autor de “Dicionário Lula” estaria engordando a cada aparição da imagem aérea dos pedalinhos de Atibaia. A propósito, com o valor de sua onírica cobertura duplex, Ali Kamel poderia comprar 21.500 pedalinhos de cisne, iguais aos que dona Mariza adquiriu para o deleite de seus netos. Enfileirados, um atrás do outro, os brinquedos cobririam toda a extensão de 58 quilômetros da Avenida Brasil.



No CloacaNews

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários com links NÃO serão aceitos.

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores e não representam necessariamente a opinião do blog

Comentários anônimos NÃO serão publicados, como também não serão tolerados spams, insultos, discriminação, difamação ou ataques pessoais a quem quer que seja.

É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O blog poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.