28 de fev de 2016

Carta aos que ainda têm decência


Você, que acha que já pode se considerar elite do país, saiba que nunca será convidado a passar um final de semana no tríplex dos irmãos Marinho, donos da Rede Globo, em Paraty. A Casa Grande não é seu lugar.

Então, tenha a decência de não ser um servo voluntário dos senhores.

Vivemos momentos muito difíceis.

Acabo de assistir ao documentário realizado pelo DCM sobre a famosa lista de Furnas.

Está tudo lá, desde a própria lista que teve sua autenticidade comprovada, onde constam os nomes de Aécio Neves, José Serra, Geraldo Alckmin e outros, como beneficiários de um grande esquema de propinas destinadas às suas campanhas políticas, até as delações de operadores do esquema, inclusive em juízo ao Dr. Moro.

Nada foi investigado e todos estão soltos.

O presidente da Câmara, Eduardo Cunha continua firme no cargo, apesar dos milhões em contas secretas na Suíça. Não causa indignação nos batedores de panelas.

O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso foi denunciado pela sua ex-amante, Mírian Dutra, como tendo cometido o crime de envio de recursos ao exterior através de empresa para beneficiá-la com alto salário sem que precisasse trabalhar para isso. Além disso, FHC teria ajudado a Globo com recursos do BNDES para que ela mantivesse Mírian com contrato durante 25 anos, também sem trabalhar.

Em São Paulo foi desmascarado um esquema de desvio de merendas escolares e ainda ninguém foi preso.

O senador José Serra envia um projeto em regime de urgência ao Senado, propondo que 30% das operações no pré-sal sejam repassados à empresas estrangeiras, num momento em que o barril de petróleo está sendo mantido artificialmente em preços extremamente baixos até que o projeto seja aprovado. Um claríssimo crime de lesa-pátria que não causa indignação nos patriotas de camisa verda-amarela.

Mas em contra-partida leio que na próxima semana é mais que provável que o ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva e toda sua família (acho que só escapam o cachorro e o papagaio) tenham seus sigilos bancários, fiscais e telefônicos quebrados.

A justificativa será fraca. A Justiça quer saber se Lula é dono do tríplex no Guarujá e do sítio em Atibaia..

Para verificar isso bastaria uma simples consulta ao cartório.

Mas o que se pretende com isso é tão somente tentar destruir a reputação do ex-presidente pois ele virá forte em 2018.

Porém, é preciso lembrar que sobre ele, ao contrário dos citados acima, não existe, ao menos ainda nenhuma acusação de crime.

Acho ótimo que os sigilos sejam quebrados.

Afinal, se Lula deve, tem que pagar e se não deve, será passado um atestado de idoneidade a ele.

Mas há uma parcela significativa da população brasileira que já julgou Lula e quer vê-lo preso de qualquer jeito, mesmo sem prova alguma de crimes.

Sobre a elite nem é preciso falar pois esta quer voltar ao protagonismo que sempre teve desde o ano de 1500. Quer viajar a Paris sem encontrar a filha do porteiro do prédio no avião.

Mas é a você que me dirijo, a você que integra a classe média. Ah, a classe média...

É a você, que acha que porque já conseguiu (às vezes nem conseguiu ainda) uma casa, dois carros, filhos em escola particular, pode se considerar elite do país.

Coitado, faz o jogo dos poderosos mas não passará desse patamar. É muito difícil.

Nunca vai se sentar à uma mesa num banquete de Paulo Lemann, com fortuna estimada em 83 bilhões de reais.

Nunca vai ser convidado a viajar à Flórida com Sílvio Santos em suas viagens de férias.

Nunca será convidado a passar um final de semana no tríplex dos irmãos Marinho, donos da Rede Globo, em Paraty.

Entenda que você não faz nem fará parte da Casa Grande. Não é seu lugar.

A ética que faltou aos bandidos que roubaram os cofres da Petrobras e de Furnas é a mesma que falta agora a você que fica do lado deles, que não são investigados nem punidos. Neste sentido, você é cúmplice.

Porque é justamente você que deveria ter a decência de reconhecer que nas investigações da Lava Jato há uma intenção, não de punir corruptos e acabar com a corrupção, mas sim a de prender, mesmo sem provas, aqueles que são empecilhos à volta ao poder de quem sempre mandou no país e sempre quis manter a desigualdade, mazela maior do Brasil e que prejudica a todos. A elite da qual você não faz parte.

A decência é prima-irmã da ética e deve fazer parte de nosso caráter.

E esse valor, se você não passar a seu filho, poderá estar criando mais um corrupto que no futuro seja operador de algum esquema ilícito danoso ao país.

Portanto, tenha a decência de exigir que se investiguem todos aqueles que tenham indícios de crimes cometidos.

Que se garanta o direito de defesa previsto na Constituição, e se houver comprovação de crime, que se puna, doa a quem doer.

E que não reste pedra sobre pedra.

Fernando Castilho
No Análise e Opinião

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários com links NÃO serão aceitos.

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores e não representam necessariamente a opinião do blog

Comentários anônimos NÃO serão publicados, como também não serão tolerados spams, insultos, discriminação, difamação ou ataques pessoais a quem quer que seja.

É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O blog poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.