2 de jul. de 2013

José Serra não toma jeito

O presidenciável da oposição em 2002 e 2010, ex-governador José Serra, não toma jeito. Depois de oito meses hibernação que se sucederam à sua derrota na disputa pela prefeitura de São Paulo, período em que fez raras aparições e concedeu pouquíssimas entrevistas, ele ressurge para criticar e acusar a presidenta da República de antecipar a campanha eleitoral de 2014.
"É muito cedo para fazer política eleitoral. Não se governa um país com campanha eleitoral. Esse foi o maior erro da presidenta", julgou José Serra, ao conceder uma entrevista ontem à Rádio Jovem Pan.
Ora, quem antecipou a campanha eleitoral foi a oposição. O PSDB, pela voz do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, que começou o ano dirigindo o partido - posto em que se mantém até hoje - e lançando o senador Aécio Neves (PSDB-MG) candidato ao Palácio do Planalto.
Quem antecipou a disputa eleitoral foram eles, mais a ex-presidenciável e postulante ao Planalto de novo em 2014, ex-senadora Marina Silva, criando seu partido, o Rede Sustentabilidade, e se lançando candidata. E até o presidente nacional do PSB e governador de Pernambuco, Eduardo Campos, antecipou-se e se apresentou como candidato ao Planalto.
E agora vem José Serra dizer que foi a presidenta Dilma Rousseff! Haja cara de pau!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários com links NÃO serão aceitos.

Os comentários são de total responsabilidade de seus autores e não representam necessariamente a opinião do blog

Comentários anônimos NÃO serão publicados, como também não serão tolerados spams, insultos, discriminação, difamação ou ataques pessoais a quem quer que seja.

É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O blog poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.